segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Uma palavra da autora


Olá nobres visitantes que por aqui passarem. Aqui quem fala é a autora desse tímido projeto que chamo de "meu livro", e que tento botar no papel de maneira satisfatória desde meus quinze anos. Hoje, com 23, começo a me aproximar vagarosamente desse objetivo.

Meu livro já teve partes reescritas e já foi reescrito por inteiro uma vez, teve personagens totalmente mudados, alguns cortados, e cenas deletadas. Cada vez que leio sobre o processo de criação de algum autor ou vejo os extras de um DVD com aquelas exibições de storyboards, cenas que foram retiradas e dúvidas acerca do que colocar ou não na história, do que fazer ou não com personagens, vejo que minhas próprias dúvidas e angústias não são assim tão anormais. E ainda assim penso que meu livro ainda não está perto do ideal, que muitos elementos poderiam ser diferentes. A cada experiência nova que adquiro, a cada percepção de mundo que se transforma em mim, eu vejo que poderia ter feito ou escrito algo diferente. Mas por fim percebo que devo parar e tentar. Tentar finalizar o que vem sendo feito há 8 anos e por fim mostrar um pouquinho daquilo que criei e de que tipo de história me agrada.

Por mais que ela (minha história) não seja diferente, ultra original, ou mesmo interessante para alguns, posso dizer que ter passado todo esse tempo na companhia de meus personagens foi maravilhoso. Gostaria de poder transmitir por meio de minhas palavras neste meu humilde livro pelo menos um pouco da emoção e do divertimento que tive em fazê-lo. Gostaria de poder proporcionar pelo menos um pouco daquilo que senti aos leitores que por acaso vierem a encontrar meu Enigma da Lua.

Escrever é uma paixão para mim desde pequena. É delicioso, mas também frustrante. Frustrante porque parece que sempre há o que melhorar. Frustrante porque por vezes parece-me que as palavras não são suficientes para descrever uma cena que imaginei. Frustrante porque por vezes minha criatividade mostra-se extremamente limitada. Frustrante porque por vezes leio e sei que acabo de escrever algo péssimo. Mas é maravilhoso saber que eu posso sempre recomeçar quando uma página em branco está na minha frente...

Obrigada por iniciar essa jornada comigo, e com meus amados personagens...

A autora.

6 comentários:

  1. A cada nova página escrita ou mesmo revisada, o resultado é uma história cada vez melhor e mais emocionante. Tive o prazer de ler um pouco do que já foi escrito até hoje, e posso dizer que quando pegarem este livro nas mãos, serão levados a um mundo realmente belo, perigoso e vivo. Repleto de personagens muito bem construídos e apresentados!

    ResponderExcluir
  2. Saiba que torço muito por você, torço para que este sonho se concretize em breve!

    ResponderExcluir
  3. Poxa que legal Liége! Espero que vc termine logo. Eu já ouvi relato de autores, e realmente chega um momento q vc deve terminar, independente de estar "perfeito" ou não pra vc, mesmo porque, cada pessoa que ler terá uma interpretação diferente. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, amigos! De fato, se eu for esperar estar perfeito, já percebi que nunca irei publicá-lo. É complicado e dá vergonha, mas acho que é necessário tomar uma iniciativa!

    ResponderExcluir
  5. Boa sorte em sua empreitada. Fiquei ansioso em ler sua história.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, nobre Jaco! A opinião de um escritor tão habilidoso como você será muito importante. Espero apenas que o livro esteja bom pelo menos a ponto de entreter a todos. Ah, e também estou ansiosa para ler a história que está escrevendo ambientada nos 9 mundos!

    ResponderExcluir