quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Elfos em Edrim

Saudações, queridos leitores! Hoje venho falar um pouco mais sobre os elfos de Edrim. Acho que todo mundo que leu o livro percebeu que os elfos de Silena são um pouco diferentes dos elfos aos quais estamos acostumados, certo? Há tempos que estive pensando em fazer um post por aqui explicitando as diferentes "facções" élficas de Edrim e hoje após ter lidado com leituras acadêmicas de Rodrom resolvi que postar aqui seria uma boa terapia contra o stress =). Bem, mas vamos ao que interessa?

Elfos em Edrim

É dito que os elfos foram criados pela mesma divindade que criou as florestas e seus animais, uma entidade anciã de poder superior ao da Deusa Lua. Quando o planeta Edrim foi criado para conter aqueles que tinham um comportamento avesso ao que as divindades desejavam para suas criações e planetas, tal divindade também levou seus filhos transgressores para lá. Portanto, os elfos passaram a habitar Edrim e por muito tempo guerrearam contra os humanos em uma história de dor e sangue. Dos conflitos e bençãos nascidos entre esses filhos transviados, três tipos de elfos passaram a existir em Edrim. Embora suas origens sejam basicamente as mesmas, as diferenças são grandes...

Elfos de Cristal: São um poderoso clã élfico que vive nas florestas ao sul de Lontar. Os elfos de cristal são remanescentes da época da Grande Guerra que arrependeram-se de seus atos mas que continuaram a trilhar seus caminhos sozinhos. Preferem não trabalhar juntamente a humanos ou anões, mas sabem que o ódio cego por tais raças não deve ser cultivado. Eles mantêm os costumes de seu povo: vivem em meio as florestas e são amantes da natureza e, agora, da paz. Os elfos de cristal acreditam que apenas conseguirão manter seguras as coisas que amam se estiverem longe daquilo que os perturba. As feridas da Grande Guerra jamais se cicatrizaram nos corações deste povo, e eles tem grande dificuldade em confiar naqueles que não são como eles. Por essa razão são bastante militarizados e auto-suficientes. Entre os elfos de cristal estão alguns dos melhores arqueiros e rangers de Edrim, e este é o único povo que também nasce com a magia em seu sangue além dos einar.

Geralmente possuem os cabelos claros e olhos azuis ou verdes, e chegam a idade madura com cerca de 30 anos. Podem viver até 400 anos.

Elfos da Lua, ou "elfos corrompidos": os elfos da Lua são assim chamados por possuírem uma grande ligação com sua maior protetora, a Deusa Lua, que desistiu da ideia de criar o seu próprio povo ou suas próprias dimensões para cuidar daqueles que seus irmãos abandonaram no planeta esquecido. Os elfos da Lua são os elfos que se identificaram com os ideais do cavaleiro humano Soltivan e da princesa élfica Elyadre e os seguiram em uma vida de paz e harmonia com as outras raças após o término da Grande Guerra. Os elfos da lua misturaram-se bastante aos humanos e vivem em cidades normalmente, sendo que é dito que todo elfo da lua carrega um pouco de sangue humano dentro de si. Por isso, eles têm traços um pouco diferenciados dos elfos de cristal, e podem ser mais altos e mais robustos. Os elfos de cristal por muito tempo os chamaram de "elfos corrompidos". Embora tal apelido tenha sido desencorajado gradativamente em meio aos elfos de cristal, que procuram não seguir a trilha de ódio de seus antepassados, ele acabou se tornando uma alcunha comum até mesmo quando se procura ofender algum elfo. Os elfos da lua amam a Deusa e dentre eles estão alguns dos melhores clérigos de Edrim. Ela os abençoa e os patrocina pelo fato de a união entre elfos e humanos ter possibilitado a ela engendrar uma criação em meio aos caos de Edrim. Tal criação partiu do amor nascido entre as duas raças em conflito: surgiram os meio-elfos, seres até então inéditos em todo o universo.

Os elfos da lua possuem cabelos de cores variadas e olhos também. Atingem a maturidade um com cerca de 25 anos e podem viver de 200 a 280 anos.

Dokalfar ou elfos negros: Os dokalfar são os elfos que seguiram pelo caminho do ódio e não mais retornaram. Eles se identificaram com o Senhor das Sombras e por ele foram "abençoados" com escuridão. Os dokalfar odeiam os humanos e também os elfos de cristal e da lua, com quem dividem parentesco, mas odeiam mais ainda os meio-elfos: para eles, meio-elfos são símbolos da corrupção do sangue puro de um elfo, aberrações que jamais deveriam existir. Os dokalfar são cruéis e astutos. São odiados pelas outras raças, inclusive por orcs e outros povos predominantemente malignos, por sua arrogância e facilidade em trair. Por isso foram caçados com ferocidade depois da Grande Guerra. Passaram a se refugiar em florestas pantanosas, enquanto seus pequenos clãs foram ficando cada vez menores. O extermínio de muitos dokalfar quase fez a raça desaparecer, mas os remanescentes sonham com o levante do Senhor do Escuro e com o ressurgimento de novos dokalfar entre os elfos que forem fortes o bastante para admitirem seus reais desejos de dominação e superioridade.

Os dokalfar tem a pele negro-acinzentada e olhos sempre muito claros ou vermelhos. Seus cabelos são geralmente brancos. Eles atingem a maturidade por volta dos 30 anos e também podem viver cerca de 4 séculos.

É isso! Espero que gostem!

9 comentários:

  1. Muitíssimo interessante, lady Astreya!

    Gostei muito da descrição que fizestes sobre as sub-raças élficas em Edrim.

    ResponderExcluir
  2. Gostei!

    Deu um toque especial ao cenário!

    ResponderExcluir
  3. Puxa pessoal, que bom que gostaram... essas ideias vieram depois, hehehe, porque nesse post aqui: http://www.oenigmadalua.blogspot.com/2011/08/o-problema-de-se-escrever-aos-15-anos.html, eu confessei minha total falta de noção com certas coisas no início da história.

    Tudo bem que confesso que criatividade não é meu ponto forte, mas matutei por tempos uma maneira de deixar meus elfos de Silena mais plausíveis e saiu isso aí ^^

    Quem sabe um dia eu consiga visualizar um mundo novo na minha cabeça sem me embananar... mas tudo bem, depois que eu descobri que o Aragorn era no início um hobbit de tamancos holandeses até que eu fiquei mais tranquila... parece que histórias não saem assim simplesmente do nada mesmo...

    ResponderExcluir
  4. Adorei as descrições dos elfos! Se fosse num jogo de RPG, não saberia com qual jogar. o/

    ResponderExcluir
  5. É verdade, eu também amei!

    No meu caso, eu faria uma clériga ou ranger elfa de cristal ^^ Sempre gostei muito desta coisa "celta" de comunhão com a natureza, fadas, e magia natural!

    ResponderExcluir
  6. Que bom que vocês gostaram, meninas! Eu ia ficar em dúvida também caso fosse escolher entre os elfos de cristal e os da lua, hehehe.

    Eu também adoro essa clima céltico, Amanda, gosto bastante da ideia de magia natural e comunhão com a natureza. Os elfos da lua também amam e natureza e a respeitam, mas tem esse diferencial de possuir uma ligação divina forte com a Deusa e viverem juntamente aos humanos. Eu iria preferir viver na floresta, =D, mas que eu gosto de Silena eu gosto, hehehe!

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante das descrições! Com certeza enriquece o cenário! Fica a dica para quem acha que os elfos são todos iguais =)

    ResponderExcluir
  8. Meu nome eEDRIM ALBERT meu email e edrimelo@hotmail.com que quiser ser meu amigo..... so mandar email

    ResponderExcluir
  9. Que máximo Edrim! Gosto do seu nome! XD

    ResponderExcluir