sábado, 28 de abril de 2012

Resultado do Sorteio - A Dama de Pharis

SAUDAÇÕES, nobres leitores!! Rufem os tambores!! Eis que aqui estamos com o resultado do sorteio de A Dama de Pharis - Volume I e II. Quem terá sido o escolhido??

Como antes, numerei os participantes pela ordem dos comentários, tirando o Odin, é claro, e a pobre Amanda, porque aparentemente os Correios acham justo pedir o meu fígado em troca de uma postagem para o Canadá =( - tristeza define.

Bem, mas enfim, eis a ordem:

1 – Suellen
2 – Aramil
3 – Just Livros
4 – Angela
5 – Gisele Bizarra
6 – Jaco Galtran (RPG Forever)
7 – Bruna
8 – Melissa (gente, o comentário da Melissa não aparece para todo mundo na postagem, porque o blogger fica trolando o wordpress, mas apareceu para mim no meu e-mail em oitavo lugar, ok?)
9 – Fadinha
10 - André

Preparados? Preparados? Eis então o resultado do Random.Org:


6 - PARABÉNS, JACO GALTRAN!!!! Os mangás são seus, nobre escaldo da blogosfera!! Entrarei em contato para pedir seu endereço e enviá-los!

É isso aí pessoal! Eu gostaria de ter mangás para presentear todos vocês, inclusive quem mora no Canadá =D, mas teremos que esperar O Enigma da Lua virar um best-seller *_* (rica! serei riiiica!!).

De qualquer maneira, muito obrigada por terem participado, opinado, e me ajudado a escolher o novo subtítulo de O Enigma da Lua: O Círculo dos Sete!

E não fiquem tristes, pois prometo um sorteio do segundo livro impresso quando ele sair! Todos vão poder brincar com a Dona Sorte de novo!

Abraços, queridos leitores, e até breve!

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Obrigada!

Saudações, queridos leitores! Esse post tem o objetivo estou escrevendo textos acadêmicos demais de deixar um obrigada coletivo a todos que baixaram a prévia, e também agradecer muito aqueles que já leram e opinaram, me contando o que acharam. OBRIGADA!!! Vocês todos são demais.

Quando o tempo permitir (pobre Angela, ela está enfrentando o inferno diário que pode ser dar aula em escolas públicas - professores, vocês sabem do que estou falando!), acredito que teremos mais desenhos por aqui, mais novidades e SÁBADO temos o resultado do SORTEIO!!! Eba!!! Não percam!

Despeço-me com tristeza pois devo agora enfrentar o dragão chamado dissertação de mestrado. Até sábado, nobres leitores, e aguardem mais novidades sobre O Círculo dos Sete em breve!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Prévia do segundo livro!


Saudações, queridos leitores!! Vocês sabiam que hoje é o dia mundial do livro? (eu não sabia, descobri hoje). Não poderia haver melhor ocasião do que essa para atender pedidos da Amanda Silversong e disponibilizar uma prévia de O Enigma da Lua - O Círculo dos Sete!

Pois é, perceberam também que eu já nomeei o segundo livro, né? Apesar de algumas pessoas terem sugerido também "O Profeta das Sombras", a maioria dos votos pendeu para "O Círculo dos Sete"! E essa será minha escolha porque, além de ter considerado os votos e conselhos de vocês melhores leitores lindos do mundo, esse é realmente um subtítulo que combina com o livro. O foco da história está no grupo de heróis, e não em seus antagonistas - e o profeta das sombras é um vilão (O Senhor dos Anéis também era, oooooh!). Apesar de eu gostar bastante desse título nebuloso e de ele me lembrar meu livro favorito (Tolkien Rules Forever), O círculo dos Sete é perfeito para o clima que quero passar com a história, e é um título bacana, vai! E também evoca um dos títulos de Tolkien - A sociedade do anel!

Enfim, voltando à prévia, fiz uma diagramação básica nos dois primeiros capítulos do livro para vocês poderem dar uma olhada. Eu particularmente adoro esses dois capítulos iniciais, e acho que vocês vão saber o porquê quando lerem XD. São capítulos introdutórios e mostram os personagens ainda um pouco mais leves, sem sentirem o peso da missão que terão que enfrentar com tanta intensidade. Mas mesmo assim tem um pouco de ação, um pouco de romance, um pouco de mistério e uma galerinha do barulho que vai aprontar altas confusões na sessão da tarde - Brincadeira.

ESPERO MUITO que gostem, que leiam, que voltem aqui para comentar e me contar o que acham. Se puderem me dar o feedback precioso de vocês, sabem que ficarei muito feliz. As opiniões de vocês são muito importantes para mim, muito mesmo.

Para ler a prévia super emocionante de O Círculo dos Sete, clique AQUI e faça o download no 4shared. Se não conseguirem realizar o download e estiverem interessados, basta me mandar um e-mail no endereço astreya.bhael@gmail.com, que eu envio o texto a vocês sem problemas.

É isso! Novamente obrigada por tudo, e espero que gostem!!

sábado, 21 de abril de 2012

Coisas que deixam um escritor triste

Você está lá, todo serelepe e feliz escrevendo seu livro. Matuta e matuta e espreme seu cérebro feito uma laranja para ver se consegue bolar uma história bacana, um background legal para os seus personagens. Você tem uma ideia (eureka!).

E depois descobre que alguém já fez algo semelhante demais. E já publicou. E é muito mais famoso do que você, obviamente. e pode ter utilizado a ideia de maneira muito mais brilhante.

Eu sei que nada é original, mas sabe quando você encontra aquela ideia tão semelhante à sua que, se as pessoas lerem os dois livros, vão achar, na melhor das hipóteses, que aquela foi sua inspiração, e, na pior das hipóteses, que você plagiou a história?

E o pior é que eu nunca li esse livro do qual estou falando (e não posso falar aqui qual é para não oferecer spoilers muito descarados).

Bem, enfim, ainda assim acredito que devo ter tratado o tema de maneira diferenciada e isso vai ter que me bastar, já que é quase impossível mudar esse detalhe sem prejudicar a história. Mas acredito que todo escritor tenha esse problema uma vez ou outra...

E o livro? O livro vai bem, já com suas 325 páginas em A5 \o/. Fico impressionada porque dessa vez eu estou escrevendo muito mais rápido, mas o que contribuiu para esse fato é que, durante os 8 anos que eu enrolei, eu estava bolando a história toda, e não só o primeiro livro. Eis a explicação para a minha misteriosa velocidade! E agora eu não estou dando pausas de seis meses entre os momentos que quero escrever =D.

Eu queria até poder contar aqui as partes nas quais eu estou porque tudo está emocionante! Estamos chegando perto do clímax e parece até uma coisa meio surreal para mim. Imagino como vai ser quando eu terminar... vou sentir falta de escrever O Enigma da Lua! Esses personagens me acompanham há um tempão!

Se eu pretendo escrever mais depois de tudo isso? É claro, e eu lá vivo sem escrever? Mas o problema é que as minhas ideias são todas misturadas, são um bolo de coisas que eu criei junto com O Enigma da Lua. Ou seja: é tudo parecido, farinha do mesmo saco. É, eu não sou muito original. Romances dramáticos, sacrifícios, almas gêmeas, aventuras, minha mente não vai muito além disso. como diz meu cunhado, só falo do poder do amor. Eu admito meu vício.

Rezo para que na minha provável próxima vida eu nasça gostando de escrever como gosto agora, mas com mais criatividade =D!

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Crossover - Amberblades e O Enigma da Lua

AAAAAAAH *surtando* - Saudações queridos leitores!! Eu não tenho muito o que dizer hoje, apenas que O Enigma da Lua ganhou um crossover *_*!! Pela Deusa, eu ainda não processei a informação.

A Gisele, escritora da super-legal série Amberblades, juntou os garotos dos livros e não é que eles são parecidos?

Que fofos!! Vocês não acham que eles dariam bons amigos? Hei, Zak, você realmente falou da Valenia para a pessoa errada =P - Laucian, seja legal com o Joh. Sabia que vocês tem mais em comum do que pensam *maldição*


Vejam o POST legal que ela escreveu, e se tudo contribuir e a Gisele tiver tempo, acho que vem mais crossovers por aí (ai, que emoção).

O que posso dizer? GISELE, HOJE VOCÊ FEZ UMA PESSOA MAIS FELIZ!!! E como!! OBRIGADA!!

Musiquinha  de alegria, com licença:


Legend of manaaaa!!!!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Subtítulo e sorteio - A Dama de Pharis 1 e 2

SAUDAÇÕES, queridos leitores!! Hoje estou aqui por um bom motivo! Preciso da ajuda de vocês novamente para escolher um subtítulo para o livro. Eu sei que eu ainda não terminei de escrever, mas a história está basicamente feita, tudo está mais ou menos pensado, e eu não quero mais ficar chamando o livro de livro 2, hehehe.

Além disse, eu tenho uma outra notícia! Acontece que eu comprei um presente para meu querido Odin via internet e, um dia depois, ele conseguiu achar o meu presente em uma revistaria e o comprou porque não sabia que iria ganhá-lo de mim *_*. O que isso significa? Que temos um par de mangás do Record of Lodoss War - A Dama de Pharis aqui em casa dando sopa. Mas eles podem ser de vocês agora \o/!! Vejam que coisa bonita:

Eles podem ser seus!!

Pois é. Esse título, além de ter ilustrações magníficas, é um must-have para qualquer amante de fantasia medieval. A tradução é boa e encontramos apenas alguns errinhos. Os desenhos são realmente de babar e a primeira edição tem uma capa cartonada muito bonita - a segunda já tem a capa de um manga normal mas continua sendo linda.

Querem participar (digam SIIIIIIIIM)? Então basta comentar nesse post me ajudando a escolher um entre os três subtítulos abaixo para  o segundo volume de O Enigma da Lua: 

1 - O círculo dos sete
2 - O semideus
3 - O profeta das sombras

Bem, o primeiro se refere diretamente ao grupo de heróis do livro e é mais generalista, enquanto que o segundo e o terceiro referem-se à personagens e são mais específicos. O terceiro tem uma relação menor com todo o livro mas eu gosto da sonoridade dele, hehehe. Eu tenho um favorito mas gostaria de saber da opinião de vocês. Então comentem dizendo o que acham, ok? Mesmo aqueles que não quiserem participar do sorteio por algum motivo como morar no Canadá igual à Amanda, podem participar com sugestões, basta especificar que não está participando no comentário.  Não precisa conhecer o livro para opinar, pessoal. Apenas digam qual nome parece mais bonito e sonoro para vocês, lembrando que o título principal é O Enigma da Lua (se quiserem sugerir outro título também sintam-se livres para fazê-lo!).

O sorteio vale para todos menos para o Odin, hehehe! =D - Realizarei ele pelo Random.org no dia 28/04 - um sábado!

Participem, comentem, opinem! Deem essa alegria a uma pobre escritora iniciante, e boa sorte!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Entrevista no 7 Random!

SAUDAÇÕES, nobres e queridos leitores! Nessa sexta-feira 13 venho trazer uma notícia que me deixou muito feliz! A entrevista que dei para o blog 7 Random foi publicada nessa fatídica data. Se tiverem tempo e paciência leiam e comentem clicando AQUI! Ficarei muito feliz!

Agradeço as meninas do 7 Random pela oportunidade e pelo espaço!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

11 coisas sobre o livro

Geralmente não faço memes nem sou indicada para nenhum, mas eu sempre acho eles divertidos. E sempre roubo dos blogs que colocam no final "pode responder quem quiser" (esse eu peguei do blog Último Romance). Afinal, né gente, sou da época do Caderno de Perguntas =D. Esse meme consiste em fazer o seguinte: dizer 11 coisas sobre você e depois responder 11 perguntinhas aleatórias. Quem quiser responder as perguntinhas nos comentários para tornar as coisas mais divertidas... Vou gostar muito de ler!

Bom, vamos lá...11 coisas sobre mim? Não, sobre o livro! Não tem nada de interessante sobre mim, mas tem uns detalhes engraçados sobre o livro que eu nunca contei por aqui!

1 - Na primeira versão da história a Elora não era filha biológica da Driali. Ela foi para Silena pelo rio (oooh! Igual a Elora do Willow e igual ao Moisés *_*).
2 - Elora era uma birrenta na primeira versão. Adolescente chata total. Pergunte ao Odin.
3 - Laucian era um Gary Stu. Sabia dançar, desenhar (!), era ranger e era descaradamente disputado pela Elora e pela Valenia. Eca! Coitado do Laucian.
4 - Era para o Myron ser mau. (tam-tam!).
5 - Era para o Myron gostar da Elora e não ser correspondido (eles não eram irmãos de sangue).
6 - Na primeira versão do livro a Elora fugia de casa porque tinha sonhos onde todos morriam por causa dela. Deixava todos desesperados, claro. Falei que ela era chata na primeira versão.
7 - Eu tirei o nome do Myron de um episódio de Friends.
8 - Eu tirei o nome do Laucian do livro dos jogadores do D&D.
9 - Eu inventei o nome da Valenia \o/, mas ele já existe. E Dufel é o nome de uma cidade.
10 - Era para o Lafaia se chamar Sullivan. Isso porquê minha amiga que inventou a Drimme e que supostamente iria escrever comigo queria que o par romântico dela se chamasse Sullivan. Mas eu mudei. Bom, eu mudei mesmo muita coisa (Graças a Deusa!).
11 - Era para ter um halfling no grupo.

Está vendo como as coisas mudam? Que vergonha! O pior é que, certos elementos que eu retirei acima por ter achado tosco com o tempo muitas vezes são as fórmulas de sucesso de muitos livros de hoje em dia... *_*.

Bem, vamos ao restante do meme:

Uma frase: "O mundo se move por amor e ajoelha-se diante dele em reverência". Foi a frase do nosso convite de casamento ^^.
A maior loucura que já fez: Não sou muito de loucuras... sei lá? Ter ido no elevador que cai do Hopi Hari vale? =D Fazer viagem batidona para Curitiba para ver o Blind Guardian?
Um medo: insetos. Besouros. AAAAAAAH!!!
Uma mania: Ranger os dentes e ficar arrancando a cutícula.
Uma música: São tantas... tantas.... mas Skalds and Shadows do Blind Guardian é muito especial por ter sido a música que eu e o Odin dançamos no casamento.
Um vício: Ouvir música e ficar fuçando na internet.
O sonho mais louco que já teve: Ets parecidos com picles invadiam a terra, mas eu e meus amigos, ao invés de fugir, pegamos um caminhão da Skol no ponto de ônibus e fomos jogar RPG na casa do Odin. E todos estávamos de meias, sem sapatos. Não sei mesmo de onde minha mente tirou um troço desses.
Maior decepção: sempre me decepciono quando alguém que eu achei ser meu amigo acaba não sendo tão amigo assim. Eu sei, é errado, mas não consigo evitar.
Algo que tem o poder de mudar seu humor: um gesto de carinho, ficar com meu marido, chocolate e comentários no blog! Grosserias, falta de consideração, piadinhas depreciativas revestidas de "foi só brincadeira" mudam meu humor para pior.
Maior orgulho: ter me casado com a pessoa que amo.
Algo que gostaria que fosse real: A Terra-Média.

Ei-lo! Espero que gostem e que se divirtam com as curiosidades insólitas do livro!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Personagens - Firlan e Fierna (trecho do livro 2)

Saudações, queridos leitores! Hoje venho trazer um vislumbre de mais dois personagens de O Enigma da Lua, e dessa vez temos dois vilões! Firlan e Fierna, os irmãos dokalfar que acompanhamos desde o primeiro livro. Ao invés de descrever seus passados de forma mais sistemática, eu achei que seria interessante trazer uma passagem do livro II. Talvez ela seja modificada, aumentada, cortada =D, eu não sei ao certo ainda. Mas serve para dar alguns spoilerzinhos (quem sabe eu consigo deixá-los curiosos) e também para vocês conhecerem um pouco mais dos personagens. Os dokalfar são malignos, mas também não tem uma vida nada fácil em Edrim, o que justifica sua vontade de sair matando todo mundo: eles não querem apenas exterminar e pilhar a esmo, eles procuram um mundo onde possam garantir sua sobrevivência. Enfim, vamos ao que interessa!


"Fierna sentia-se inquieta naquela noite. Parecia que a lua estava brilhando com um pouco mais de intensidade. Como se a Deusa tivesse encontrado motivos para fortalecer-se em Edrim.
Estavam, ela e seu irmão, acampados próximos à Floresta do Unicórnio, uma das principais moradas dos elfos de cristal. Ela olhava para a copa das árvores incomodada com o brilho argênteo que teimava em trespassar as folhas verde-escuras lançando-se sobre eles como se fossem espadas inimigas. A dokalfar suspirou impaciente e olhou para o irmão que dormia a seu lado. Firlan estava cada vez mais consumido por sua missão. Acreditava no poder de Norus e daria sua vida para ver o Senhor do Escuro liberto. Nada importava tanto para ele quanto aquilo. Seria a chance que eles teriam de possuir um lugar que nunca tiveram naquele mundo.

E então ela lembrou-se de quando eram pequenos.

Firlan a puxava pela mão enquanto corriam com toda a velocidade de suas pernas tentando esconder-se em um pântano. Lágrimas rolavam pelos rostos dos irmãos gêmeos, que fugiam aterrorizados dos guerreiros que os perseguiam. Dokalfar não eram poupados. Dokalfar eram caçados. Odiados. Temidos. Ninguém demonstraria piedade aos elfos traidores da luz. E até mesmo as crianças de sua raça eram assassinadas sem pudor pela maioria de seus caçadores.

Os pais dos gêmeos procuravam aquele local há tempos. Naquele pântano se escondia uma comunidade de elfos negros, mas a sorte não os acompanhara. Há poucos quilômetros da entrada do local procurado, um grupo de batedores composto por elfos e humanos os avistou pela noite, e então começou uma caçada de gato e rato. Seus pais resistiram o quanto puderam, mas foram abatidos. As duas crianças fugiram enquanto ouviam os gritos de ódio e dor de seus progenitores, tentando ser rápidos o bastante. Naquele momento, tudo o que sentiram foi medo. Medo de morrer. Ironicamente, um dos sentimentos que era comum a qualquer raça.

Sobreviveram porque conseguiram alcançar o destino desejado, o qual seus perseguidores não ousaram adentrar. Viveram uma vida de fome, ódio e crueldade junto ao grupo de dokalfar que encontraram. E o que os retirou da selvageria e da corrida desenfreada pela vida foi um homem que chegou em uma noite sem lua e perguntou se os dokalfar queriam ter um lugar no mundo. Norus, o profeta das sombras, como eles o chamaram. Ele os salvou. E agora pedia seu sacrifício. Sacrifício, pois Fierna temia que morressem em Nuvara ou mesmo antes, na Floresta do Unicórnio.

Ela envergonhou-se e ficou com raiva de sua fraqueza ao voltar seus pensamentos para fatos do passado. Não precisava daquele tipo de sentimentalismo. Jamais imaginou que, em uma hora como aquela, temeria pela vida do irmão, cada vez mais obstinado. Afinal, era apenas nele que ela confiava. Os dois compreendiam-se como ninguém, e dividiam tantas semelhanças que ela nem imaginava como seria viver sem Firlan, sua sombra, seu espelho. Se não fizessem o que deveriam fazer, porém, jamais haveria no mundo um lugar para eles.

Era preciso dar prosseguimento ao plano. Não faltava muito para conseguirem a chave final para entrarem em Nuvara. Ela estava com os elfos de cristal.

Fierna suspirou. Faria o que fosse preciso para ficarem vivos. Custasse o que custasse".

Não se esqueçam de dar suas opiniões! Está muito ruim essa parte? Precisa de mais detalhes? Fierna é muito boazinha para uma vilã, hehehe? Conto com seus comentários! =D

sábado, 7 de abril de 2012

666 - Caçadores de Demônios

Eu não gosto de escrever resenhas de livros. Como escritora, eu não me sinto bem no papel de avaliar/criticar a obra dos outros por saber de tantas falhas que a minha própria escrita possuí. Mas, como a única coisa que o autor Tim Marvim me pediu em troca do livro dele foi que eu desse a minha opinião e falasse da obra, aqui estou eu para quebrar o meu hábito!

666 - Caçadores de Demônios conta a história de Michael, um jovem que inicialmente encontra-se em carreira eclesiástica no convento de Santa Maria Delle Grazie, mas que logo se vê envolto em uma trama repleta de enigmas, segredos milenares da igreja, perseguições e perigo. Acusado injustamente de assassinar seu melhor amigo dentro do convento, frei Abelardo, Michael se vê obrigado a fugir e montar as peças de um quebra-cabeça composto por pistas que estão espalhadas em três obras que ele encontra em uma biblioteca secreta em Santa Maria Delle Grazie. A principal delas é o diário do último mestre templário, o lendário Jacques de Molay, que contêm importantes informações e uma revelação capaz de abalar toda a estrutura da Igreja Católica.

Sou suspeita para falar sobre o livro pois adoro tramas que envolvam mistérios e intrigas relacionadas à igreja. Sim, eu adoro as histórias de Dan Brown (por mais que tenha gente que torça o nariz, sim, eu gosto!) e se você é um fã do gênero não hesite em ler 666 - Caçadores de Demônios. Além de traçar uma narrativa intrincada, Tim ainda possui uma habilidade de escrita que confesso ter me deixado embasbacada. A linguagem utilizada por ele foi um dos pontos que mais me chamou atenção para além da história, pois flui maravilhosamente bem mas não é simplória: é de certa forma rebuscada mas utilizada de forma precisa e agradável. Não há partes truncadas ou difíceis de se visualizar. Tudo é muito claro e excelentemente retratado. Realmente fiquei impressionada!

A história cobre a procura de Michael pelas sete torres do demônio (nas quais ele encontrará pistas que o levarão ao seu objetivo maior) juntamente à sua parceira Michele. No entanto, o livro é dividido em duas partes, e, na primeira, somos apresentados à investigação de Michael acerca daquilo que ele ainda não entende e temos uma alternação de épocas entre os capítulos: Tim também narra acontecimentos históricos que têm relação direta com os mistérios que Michael investiga, e eu particularmente adorei essa estratégia. Na segunda parte, o livro se foca na busca pelas torres e na resolução concreta do mistério, com Michael correndo por sua vida e pelo destino da própria humanidade!

A história lida com temas delicados e interessantes, e vai ligando seus pontos aos poucos, de modo que você realmente descobre com o protagonista o que vai ocorrer (e é isso que eu adoro nesse tipo de livro!). O livro também tem um toque de sobrenatural, com demônios e seres diabólicos fazendo parte de nossas realidades concretamente! Temos um final surpreendente e até mesmo brusco, mas não em um mal sentido! No começo, a minha única ressalva foi a rapidez do romance entre Michael e Michele, mas até mesmo isso não aconteceu ao acaso, há um motivo para que ele e ela tenham se entregado rapidamente um ao outro. Isso foi bastante interessante, e se você ler com atenção, verá que o Tim deixa suas pistas ao longo da história sobre a natureza e o destino desses dois amantes.

Falsos profetas, Nostradamus, apocalipse, códigos de barra, numerologia, monumentos históricos, um tesouro escondido, e pessoas que não são o que parecem: tudo isso está presente no livro e interligado em uma narrativa rápida e enigmática. Quem é que não gosta de viajar pelos locais mais fascinantes da Europa investigando uma boa teoria da conspiração? Gente, eu amo muito tudo isso.

A capa tem extrema relação com a história (gosto disso!) e o interior do livro é lindo, com fotos, imagens e uma gravura de página inteira de São Miguel de encher os olhos (digo isso porque sou fascinada pelo Arcanjo Miguel e suas representações). Aliás, a passagem dos personagens pelo Monte San Michel me encantou. Um dos meus sonhos é visitar esse lugar e com certeza amei vê-lo tão bem descrito no livro, porque me senti lá!    

Enfim, fica claro que não sou boa em escrever resenhas, então, minha palavra final, é: RECOMENDO!!!
Conheçam melhor o trabalho do Tim clicando AQUI. Vale a pena, e se você quiser, pode até mesmo adquirir o livro pelo SKOOB trocando-o com o Tim por um outro que você tenha. Além disso, o preço do livro autografado é ultra amigo: 20,00 com frete! Só não lê quem não quer pessoal, e vale a pena conhecer essa história.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Novo Parceiro - Academia de Leitura


Saudações, queridos leitores! É com muita alegria que anuncio hoje nossa mais nova parceria com o blog Academia de Leitura, comandado pelo Ewerton Lenildo. Gostaria de agradecer a ele pela confiança e pela solicitude com que me atendeu e fez o post. Fiquei muito honrada e agradecida pela atenção que recebi. Bem, chega de mimimi da minha parte, vamos ao post! Para lê-lo, cliquem AQUI e vejam como ficou bonito =D! Aproveitem para conhecer o blog, que é muito bom!

Espero que gostem e comentem! Até breve, logo trarei mais novidades sobre o livro 2 (que já está com certos títulos pré-definidos... hohohoho!).

terça-feira, 3 de abril de 2012

O Enigma da Lua por aí!

Hoje O Enigma da Lua deu suas caras no Just Livros de novo, e, para a minha alegria e honra, figurou do ladinho do Amberblades:


Que bonitinhos, não? Passem lá para ver e conhecer o blog da Amanda também pessoal! Por hoje é só e novamente eu agradeço a todos esses leitores bacanas que tenho =D.