quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Novidade!!!


Olá pessoal!!! Adivinhem quem é a nova colunista do Livros de Fantasia?? ADIVINHEM?? ADIVINHEM???

Sim, esta que vos fala!!

Há um tempinho atrás, a Melissa me fez esse convite e eu, mesmo com medo, aceitei. A Melissa procurava alguém que pudesse falar um pouco sobre fantasia com influências de mangás, animes e RPG, e eu, com meu parco conhecimento, fui lá colaborar e ver se eu consigo fazer algo de bom. Querem ver o resultado da primeira postagem? Cliquem AQUI!

As minhas postagens no Livros de Fantasia serão quinzenais e por enquanto ainda espero a aprovação da Melissa para minha postagem (aiaiai!). Espero que ela e todos vocês gostem da novidade.

Abraços, queridos leitores, e até breve!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Meu top 5 - coisas esquisitas sobre mim

Saudações, queridos leitores.

1 - Ver o blog sem atualizações me deixa deprimida.
2 - Quando eu estou de saco cheio eu preciso escrever. Preciso botar alguma coisa para fora. Como o meu querido Odin está dando aula e eu não posso falar ininterruptamente com ele sorte dele no momento XD, eu vim aqui fazer um post divertido que tirará minha cabeça da dissertação/apresentação em evento na universidade/curso de português que irei dar nessa semana/falta de RPG/outros perrengues que todo ser humano tem. Devia estar cuidando das minhas obrigações, mas sou procrastinadora. E isso nos leva ao post!

TAM-TA-RA-RAM!!!


O objetivo desse post é o seguinte: a(s) criatura(s) dona(s) do blog deve falar um pouco sobre si. Deve selecionar 5 coisas aleatórias e interessantes sobre sua pessoa. Oh, Deus, eu não sei se eu tenho 1 coisa de interessante para falar sobre mim, mas na falta de coisas interessantes vou falar de chatices mesmo. PRONTOS, PRONTOS??


Isso é porque eu adoro Mulan.

Primeiramente eu devo dizer que achei esse "meme" no blog Nem um pouco épico de quem confesso também estar roubando os gifs adoráveis de Mulan. Mas a ideia partiu do Conversa Cult e pertence a eles, ok? Créditos dados, vamos lá:

5 - Eu detesto dirigir.

Sim, sim, eu detesto dirigir. Tive que fazer o teste para tirar a habilitação 3 VEZES, 3 ESCANDALOSAS VEZES. Foi traumático e triste drama. Passado o processo de tirar a CNH, eu até prossegui dirigindo um pouco, mas me descobri preferindo andar, pegar um ônibus, ir de charrete, ou qualquer coisa, do que dirigir um carro. Eu nem curto carros de modo geral. O povo baba nos modelos novos, sabe nomes e marcas e eu boiando e perguntando por que não gastar o dinheiro que se gasta em um carro de marca em um fusca cor-de-rosa e um estoque de algodão-doce.

Brincadeiras à parte, o fato é que eu tenho, na verdade, um pouco de pânico de dirigir: tenho medo do trânsito. Sou uma pessoa avoada, distraída e tenho um péssimo - péssimo mesmo - senso de direção e espaço. Não dirigir me traz alguns desconfortos, e em breve eu pretendo voltar a treinar e ir perdendo o medo, mas gostar, gostar, acho que nunca vou.

4 - Eu amo romances (já perceberam?), mas quase nunca assisto ou leio nada com esse "tema".


Isso se deve a um fato: eu adoro romances, mas ao mesmo tempo sou uma chata com eles. Eu costumo detestar - e não estou exagerando com essa palavra - comédias românticas, por alguns motivos: enredo e personagens irritantemente repetitivos (e olha que eu sou fã de clichês), situações irritantemente repetitivas, falta de carisma, falta de verossimilhança, humor sem graça e por aí vai. Os livros com foco em romance hoje em dia também não me atraem, por motivos de: exagero de descrições melosas e paixões arrebatadoras unicamente por ~beleza física~ e presença massiva de triângulos amorosos. Eu definitivamente não sou fã de triângulos amorosos (mas de alguns eu gosto, sim. Só não acho que tudo precisa ter triângulo amoroso).

Daí eu vou ler os livros de fantasia que têm romances no meio e fico feliz. Pronto. Eu tenho respeito demais pelo amor conjugal para achar que ele deixa as pessoas todas idiotas ou cheias de mimimi, caramba!

3 -  Sou preguiçosa, procrastinadora, desorganizada e não amo trabalhar.

DESONRA!!!
O negócio aqui é sinceridade, ok? Sou ultra-preguiçosa, meu lugar preferido da casa é o sofá e procrastino tudo que posso. Não amo trabalhar. Não, não. Trabalho porque preciso e o que me salva é o meu senso de responsabilidade. Apesar de toda a minha preguiça, eu jamais falto nas aulas que dou, não me atraso (praticamente surto se saio de casa tarde demais) e nunca deixo de entregar trabalhos no prazo, com o perigo de ter crises de TOC. Mas hoje parece meio que pecado falar que não ama-adora-venera seu trabalho e que não se importa muito em não ter uma carreira super-mega-fodástica (eu me contento em ter meu pão de cada dia e pronto). Sei lá, eu até curto dar aula porque sei que estou ajudando as pessoas e passando um conhecimento que tenho (e eu gosto muito dos meus alunos), mas se puder trocar e ficar em casa namorando o marido, brincando com a cachorrinha e fazendo torta de limão, filho, eu troco no ato (sim, eu gosto de ser dona de casa, não me atirem pedras por favor).

Mas HÁ um trabalho que eu AMO-ADORO-VENERO: escrever. Esse sim. Só que acontece que não posso viver dele, porque poucas pessoas parecem querer trocar o dinheiro do trabalho delas pelos meus escritos. Então outro motivo pelo qual eu não amo tanto trabalhar é porque meu trabalho me desvia do outro trabalho que eu realmente amo. E quando a gente está começando a soar confusa está na hora de trocar de item.

2 - Eu amo, adoro, venero e amo mais um pouco cachorros (e eu adoro animais no geral - exceto insetos).

Eis a nossa Kimi, carinhosamente chamada de princesa caramelo!
Esse aqui dispensa tantas explicações, não? Eu simplesmente amo cachorros e prefiro eles a muitos seres humanos. Eles representam aquilo que eu mais valorizo nesse mundo: amor e fidelidade sem restrições. Há uns dias atrás, uma cachorrinha muito querida que minha mãe abrigou na casa dela estava extremamente doente e nós pensamos que ela ia morrer. Fui lá me despedir e fiquei sozinha com ela por um tempo enquanto o Matheus falava com o veterinário. Naquele momento eu disse a ela que fosse em paz, e falei, meio que sem pensar: "vá em paz, porque tudo o que você fez em cima desse planeta foi bom e trouxe alegria. Tudo. Que ser humano pode partir e se gabar disso?". E eu realmente acho que é bem por aí mesmo.

E no fim, a cachorrinha - Nina - não morreu \o/!

1 - Redes sociais me incomodam. 

Podem falar o que quiser, mas redes sociais me incomodam. Sim. Eu me rendi ao twitter e digo que até gosto do bichinho, mas o poder generalizador absurdo dessas ferramentas me assusta. Uma frase mal contextualizada na casa do passarinho, e pronto: você já disse algo que não queria dizer.

O Facebook, então, me assusta mais ainda. Apesar de toda a utilidade que eu reconheço nele, aquilo é uma vitrine onde você expõe apenas o que quer. O lado bonito da sua vida. As viagens, os momentos mais incríveis, as fotos que te valorizam, o relacionamento mais perfeito e lindo com recadinhos, músicas e declarações, os seus valores mais altruístas, o seu lado "revolucionário", engraçado, cult, ou o que quer que você escolha. O Facebook me parece um photoshop que manipula a vida. Ninguém posta (ou ao menos não julga postar) o lado feio (e normal, afinal), a cara lavada que acabou de acordar, as desavenças com o parceiro/parceira, sei lá. Eu também não postaria! Não estou dizendo que todo mundo deve lavar a roupa suja no facebook, e acho ótimo você valorizar o que tem, mas que aquilo é uma uma ferramenta que te possibilita criar uma "imagem"  de perfeição, alegria, beleza, "revolta", inteligência, e etc., isso é. E se você não tomar cuidado, você se leva por toda essa onda de mundo perfeito e acha que o seu mundo é anormal e esquisito. Não, não é não.

Eis aqui o meu top 5. Sintam-se livres para comentar, discordar, fazer um top 5 nos comentários ou o que for. Se bem que eu duvido que alguém vá ter paciência para ler isso até o fim XD.

Até mais, queridos leitores!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Atualizações!

Saudações, queridos leitores! Hoje estou aqui para falar um pouco sobre o andamento do segundo livro e minhas previsões em relação a ele.

Até pouco tempo atrás, meu plano era terminar de corrigir e reformular o livro 2 até setembro.  Nesse mês teria também acesso ao resultado da coletânea de contos da Editora Draco, e então poderia incluir ou não incluir aquilo que escrevi para o concurso no segundo livro (esse conto diz respeito a dois personagens bem importantes na história e certamente ajudaria vocês a entender algumas coisas em relação a eles. Se o conto não for selecionado, ao menos não fico tão triste pois poderei colocá-lo no livro para vocês \o/).

Acontece que "no meio do caminho havia uma pedra", hehehe. Como preciso terminar meu trabalho de mestrado até - adivinhem - o final de setembro para conseguir me qualificar com tranquilidade, resolvi, por ora, parar de mexer no livro e me concentrar na dissertação. Isso porque mexer nas duas coisas ao mesmo tempo não está colaborando para a qualidade de nenhuma das duas, e quanto mais rápido eu terminar a dissertação, melhor. O que significa que me atrasarei em relação ao livro, mas melhor atrasar do que apressar e entregar algo ruim, não? XD

Enfim, vocês não tem nada a ver com todo esse mimimi, então vamos ao que já foi feito até agora \o/:

Capítulos reformulados e corrigidos: 1, 2, 3 e metade do 4. A demora se deve ao fato de que estou tentando fazer tudo com muito atenção para realmente melhorar a coisa toda XD.

Páginas totais até agora: 194 em A4, e em A5 375 \o/.

Capítulos até agora: 14. Mas haverá mais, pois ainda não finalizei a história (que a Deusa me ajude!).

Alguns capítulos também serão aumentados. Já que teremos três livros, agora não há mais a necessidade de apressar certos acontecimentos. Minha principal meta nesse sentido é tornar os capítulos passados em Nuvara mais ricos e com um ritmo mais calmo, para que os leitores possam se apegar ao local e aos personagens novos que aparecem por lá. E ver se eu consigo melhorar minhas habilidades em relação à ambientação, porque confesso que esse é meu grande ponto fraco (na minha visão), minhas descrições tendem a ser muito apressadas e superficiais. Torçam por mim \o/

Bem, acho que essa postagem já está longa demais para o que se propõe a ser, então vamos parar por aqui!! Agradeço aos que leram até aqui pela paciência!

Um abraço, queridos leitores, e até breve!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Trilha Sonora - Lady of the flowing waters


Saudações, queridos leitores! Primeiramente gostaria de me desculpar pela prolongada ausência, mas espero logo retomar o ritmo (ao menos no que diz respeito em relação ao livro 2, se a Deusa me ajudar!!). Quando esta que vos fala senta no sofá sente-se obrigada a escrever uma malfadada dissertação, o que me afasta de O Círculo dos Sete e me deixa sinceramente ranzinza. Mas logo virá a alforria, nobres amigos, logo virá! Torçam por mim XD.

De qualquer modo, apenas para tirar a poeira aqui do blog e afugentar os maus espíritos acadêmicos, hoje eu venho com uma postagem musical (fazia tempo que não tinha trilha sonora, não?). Quem já leu o primeiro livro deve se lembrar (ou não, hehehe) vagamente de uma das cenas do começo, onde acontece em Silena o ritual da lua cheia e as mulheres cantam juntas em uma clareira para celebrar e adorar a Deusa. Eu já até havia colocado uma trilha sonora para essa cena AQUI, mas achei uma música mais bacana ainda para o momento. Aliás, eu acho que essa música poderia ser uma espécie de "tema" do templo de Silena (se fosse um jogo tipo WoW, quando o pessoal entrasse no templo podia ouvir ela, hohohoho):


Lady of the flowing waters - Robert Gass

Vejam a letra que bacaninha:

Lady of the flowing waters
Lady of the mountains
Lady of the flowering meadows
Lady of the forest

The Goddess is in everything
In every form of nature
The Goddess is in everything
In every form of beauty

Lady of the shining stars
Lady of the moonlight
Lady of the dew at sawn
Lady of the twilight

Uma letra bem simples e bastante significativa, e uma melodia tão suave... já posso imaginar as clérigas cantando no templo calmamente durante algum ritual... e o Myron e outros clérigos homens bem quietinhos para não atrapalhar a harmonia XD.

Espero que gostem e comentem, queridos leitores... até breve!

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Booktrailer O Enigma da Lua - O Circulo dos Sete

Saudações, queridos leitores! Nesse início de madrugada venho postar para vocês um amador e modesto booktrailer que fiz para o segundo livro de O Enigma da Lua! Sim!! \o/

Apesar de a maioria já conhecer as ilustrações, acredito que a música e a montagem servem de algo para deixar toda a coisa mais emocionante, não? Espero que sim XD.

Bem, vamos ao que interessa (tive que incorporar na postagem porque o youtube bloqueia o vídeo =P):



Espero que vejam e comentem me dando suas opiniões!