sábado, 29 de março de 2014

O que te agrada em uma história?

Lodoss - fantasia medieval, elfos, magia, romance - você está fazendo isso certo XD
Saudações, meus queridos leitores! Hoje estou aqui para fazer a vocês uma pergunta. Uma pergunta muito importante e que eu mesma constantemente tento responder no meu processo de escrita. 

O que agrada vocês em uma história? 

É inevitável, todos nós temos certas preferências e gostos que fazem nossos corações baterem mais forte. Certas histórias, por mais que sejam boas e bem narradas, não me tocam. Outras, talvez, até tenham um enredo mais simples, mas abrangem alguma coisa que me agrada, que me faz sorrir, torcer pelos personagens, suspirar ou ficar com o coração na mão. 

Falei que não gosto de todo romance
Até hoje não consigo definir muito bem o que é que me agrada em uma história, por mais que já tenha escrito uma XD (é, eu deveria saber)! Porque não é algo assim tão simples de se determinar (mesmo porque pode depender da história e do que você está esperando dela). Sim, todos que leem o blog e já leram O Enigma da Lua sabem que eu amo romance, sou adepta do lema "o amor vence tudo", mas nem todos os tipos de romance me agradam. Aliás, sou chatésima com romance, fujo de muita melação e não leio Nicholas Sparks e romance sobrenatural (contradição ambulante, sim ou com certeza?). 

Não é segredo também que meu gênero favorito é a fantasia. Mas sou super "clichê" e gosto mesmo da fantasia clássica. Jornada do herói, vamos salvar o mundo, o bem contra o mal... amo narrativas que ressaltem a importância da união, do amor, da amizade (não didaticamente, estilo He-man XD, mas sim por meio das ações dos personagens e situações da trama) e todas essas coisas que estão meio fora de moda. Passeio por outros estilos, é claro, mas se forem me perguntar do que eu mais gosto a coisa está nesse nicho. 

Isso me lembra que, quando eu tive a oportunidade de entrar em contato com animes e mangás, eu fiquei encantada. Os japoneses sabem lidar com esses temas muito bem, dosando drama, comédia e romance de um jeito muito bacana. Mesmo quem teve pouco contato com essas mídias sabe como o tema da amizade e da união é caro aos japoneses. Embora a terra do sol nascente, em toda a sua adorável (e por vezes bizarra) aleatoriedade, crie histórias para todos os gostos (sério, eles têm até um anime sobre o cotidiano de um padeiro), acho incrível a forma como conseguem imprimir emoção até nos enredos mais simples. Creio que, apesar de eu sempre citar Tolkien como uma grande fonte de inspiração, minha narrativa e o meu jeito de contar histórias está bem mais próxima desse universo (pelo menos se formos considerar histórias como Inuyasha, Samurai X, Record of Lodoss War, Escaflowne e até mesmo Cavaleiros do Zodíaco, entre outros. Amo!). 

De qualquer forma, a questão aqui é que eu gostaria de perguntar a vocês: o que agrada vocês em uma história? O que faz o coração de vocês bater mais forte quando leem um livro ou assistem um filme? Que elementos fazem vocês se apegarem mesmo a uma narrativa? 

(Para quem já leu o segundo livro, também gostaria de perguntar: o que vocês mais gostaram em "O Círculo dos Sete"? Alguma coisa no livro mexeu com vocês? Vocês odiaram alguma coisa?)

Quero saber, gente. Vamos conversar, nos inspirar e falar sobre algo que todo mundo aqui ama: histórias!

(Mas prometo que não fico triste se ninguém comentar. Sei que todo mundo trabalha, paga conta, tem vida e etc. XD). 

De qualquer maneira, o "desafio" de responder a essa questão está lançado! 

quinta-feira, 20 de março de 2014

Trilha Sonora Original - O Tema de O Enigma da Lua

Saudações, queridos leitores!

Como eu já havia adiantado por aqui, estamos desenvolvendo uma trilha sonora original para O Enigma da Lua. Vocês já ouviram a linda Debaixo do Luar, a música que deu origem a esse projeto que muito feliz me fez. Mas hoje, eu gostaria de apresentar a vocês o primeiro fruto das conversas e planejamentos em relação à trilha, trabalho do já eleito bardo oficial de Edrim, o talentoso Raul "Dark Hunter" Henrique. Eu havia sugerido ao Raul que a primeira faixa da trilha sonora deveria ser uma espécie de "tema geral" da história, que inclusive poderia aparecer em outras composições no futuro (assim como vemos em trilhas de filme - quem não se lembra do tema da Sociedade do Anel tocando várias vezes durante a trilogia do anel?). 

Bem, foi então que nosso menestrel oficial mandou a primeira amostra da melodia que havia criado para o tema. Ficou incrível e eu quase tive um piripaque em casa, mas eu pedi ao Raul que ele deixasse a música com um "clima" menos marcial (embora tenha ficado deveras emocionante!!!). Foi então que ele transformou a mesma melodia em uma "versão classicismo", nas palavras dele XD. Olha, eu sou suspeita - suspeitíssima - para falar, mas eu achei que ficou LINDA. Mas deixarei as palavras de lado agora - quero que vocês mesmos ouçam o resultado e tenham um gostinho do que vem por aí, em breve... 

  


Pois é, gente. Nunca achei que poderia dizer isto algum dia, mas sim, O Enigma da Lua tem uma tema oficial e original. Dá licença que eu vou ali conter a minha emoção... (eu sei que esse vídeo não tem nem comparação com o vídeo lindão que a Gisele fez, mas eu tentei, gente XD!)

Por enquanto estamos concentrados na composição das músicas, mas quando o projeto ficar mais concreto eu volto com mais notícias, inclusive sobre como iremos disponibilizar as canções (eu ainda não entendo nada de itunes, então, vou precisar da ajuda do Raul e da Gisele nesse campo XD). 

Bem, gente, é isso. Estou empolgada, estou emocionada e ainda me perguntando por que eu recebo tantas bençãos na minha vida (tá, também recebo pancada, mas ultimamente as bençãos têm prevalecido. Ainda bem, porque 2013 não foi bolinho não). Valeu, gente. Valeu mesmo.  

segunda-feira, 17 de março de 2014

Nova resenha de O Enigma da Lua - A Centésima Vida

Saudações, queridos leitores! Neste dia de São Patrício, quero desejar sorte a todos nós e para isso venho com uma boa notícia! Dia 14 de março O Enigma da Lua - A Centésima Vida ganhou uma nova resenha no blog Entre Cartas e Poesias! Para minha extrema alegria, a Nathália, dona do blog, adorou o livro e disse que já está lendo o segundo :))))).

Confiram a opinião dela clicando AQUI! Mas aqui estão algumas das partes que me deixaram mais feliz (bem curtinhas para não dar spoiler da resenha XD):

"Eu mal terminei de ler este primeiro livro da saga, e já queria ler o segundo, a história realmente te deixa bem envolvida com tudo [...] Não tenho nenhuma crítica negativa, simplesmente adorei a leitura, super recomendo para quem gosta desse tipo de histórias e principalmente elfos".

Como eu já disse antes, ELFOS RULEIAM. Obrigada, Nathália, pela leitura e pelo carinho!!!

E fiquemos com uma música irlandesa em homenagem ao St. Patrick's Day!


quarta-feira, 12 de março de 2014

Sumiço justificável

Saudações, queridos leitores! Espero que não tenham sumido todos XD. Pois é, mas eu não poderia reclamar porque ando sumida também :P. 

Sim, sim, os posts estão mais escassos. Isso se deve ao início do ano letivo, como vocês já sabem, mas não é só isso não! Não estou parada em relação ao livro e tem coisa boa chegando... quer ver? Vamos lá: 

- Estou quase terminando o quinto capítulo de "O Despertar de Kathul". Por enquanto temos 46 páginas de word em A4, somando 19.172 palavras. Os capítulos 1 e 2 já foram revisados pelo grande amigo Jacó Galtran, e os capítulos 3 e 4 já estão nas mãos dele. Ou seja, o livro está caminhando, nascendo, sendo bem tratado XD. Tudo para entregar um trabalho bacana a vocês, queridas pessoas que me acompanharam nessa jornada maravilhosa. Snif. 

- Fechei duas novas parcerias, uma com o blog Cartas e Poesias, da querida Nathália (que já está lendo o livro) e outra com o blog Outro Lado de Mim, da querida Mariana Monsanto! Valeu, meninas!! Espero que gostem do livro (ou ao menos que não odeiem. Só posso ter esperanças). 

- Vocês lembram da música linda que eu ganhei da Gisele Bizarra e do Raul Henrique (conhecido como Dark Hunter) e que eu mostrei por aqui no domingo retrasado? Lembram que falamos nos comentários sobre uma trilha sonora de O Enigma da Lua? Lembram que eu quase surtei com a possibilidade? Pois é, meus queridos leitores, isso já não é mais uma mera possibilidade. Nós estamos trabalhando em uma trilha sonora original para O Enigma da Lua. 

Pausa.  

(SURTE COMIGO). 

Voltando. 

GENTE, é isso mesmo!! Temos um bardo compositor oficial para o mundo de Edrim, e uma barda cantora oficial também. A Gisele e o Raul me vieram com essa linda proposta de trabalharmos em uma trilha. Eu bolei uma lista de canções que poderíamos fazer, escrevi/finalizei novas letras para novas músicas, pensei em possíveis temas instrumentais... e JÁ TEMOS A PRIMEIRA MÚSICA!!! O TEMA DA HISTÓRIA, GENTE! GAAAAAAAAH!!! FICOU LINDA!!!

Vocês podem imaginar o que eu estou sentindo. E podem deixar que mais informações serão dadas sobre essa empreitada no futuro... 

Ou seja, gente: sumi um pouco, mas estou trabalhando para que esse terceiro livro seja o melhor dos três (superação, uhul \o/), trabalhando com o Raul e a Gisele em uma trilha sonora e pensando sempre em vocês, leitores queridos. 

Ah, um adendo: hoje é aniversário da Gisele Bizarra e dia 9 foi o aniversário do Jacó Galtran. Vamos dar parabéns a eles, uhul!!! PARABÉNS SEUS LINDOS!! TUDO GENTE BOA!! 

Tá aqui uma benção irlandesa procês, porque acho ela linda:


*Gente boa mesmo, esse povo que nasce em março. Amanhã seria aniversário de 90 anos da minha saudosa avó Carolina, mas a esperta resolveu comemorar essa idade lá no céu. Parabéns, vó! ♥

* Que essa benção valha para todos os aniversariantes de janeiro e fevereiro que passarem por aqui também! (Eu acho que todo mundo podia contar os dias dos aniversários nos comentários, para eu poder mandar boas vibrações para vocês. Só dizendo...).

É isso, gente. Beijão e tudo de bom, eu volto!  

domingo, 2 de março de 2014

Um presente maravilhoso: Debaixo do Luar

Saudações, queridos leitores! Hoje eu estou aqui para falar sobre algo, mas sinceramente não tenho palavras para expressar adequadamente o quanto isso é especial e me fez feliz.

Aliás, essa situação se estende a todo o carinho que recebo por aqui. Posso ter poucos leitores, mas cada um vale por milhares. Quer ver uma prova disso? Eu já dou XD

Há alguns dias, a querida Gisele Bizarra, autora das séries Amberblades e Fúria, terminou de ler O Círculo dos Sete e me disse que tinha gostado muito. Bom, só isso já foi o suficiente para me deixar extremamente feliz, mas ela também me avisou que estava preparando uma surpresa para mim, um trabalho baseado no livro.

A Gisele já fez três fanarts para mim, que me deixaram muitíssimo feliz, incluindo aí um crossover muito divertido entre os personagens de O Enigma da Lua e Amberblades e O Coração de Lua.

A primeira fanart de O Enigma da Lua foi da Gisele: Laucian!

Um presente pra lá de especial para o aniversário do blog

O crossover que me faz abrir um sorrisão cada vez que eu o vejo/leio

Mas dessa vez não era um desenho que ela estava preparando, e sim uma música. Para quem não sabe, a Gisele, além de escrever e desenhar muito bem, ainda tem outro talento: o do canto. Pois é, a moça canta muito e se juntou com o amigo Raul Henrique (Dark Hunter), músico e membro da banda VGMasters (visitem o site deles e curtam o trabalho dos rapazes!) para fazer algo que me deixou sem palavras e com lágrimas nos olhos. Quem já leu O Círculo dos Sete deve se lembrar do momento em que a Valenia canta uma música para o Myron, a cantiga "Debaixo do Luar". Pois bem...


Acho que vocês conseguem entender o quanto isso é incrível para mim. Pensar que algo que eu escrevi inspirou alguém a compor uma melodia e outra pessoa a cantá-la... ver uma parte tão especial do livro materializada dessa forma... 

Sei lá, gente. Não consigo explicar. Consigo apenas agradecer. Gisele e Raul, jamais, jamais esquecerei disso, podem ter certeza. Não consigo nem dizer (escrever, nesse caso XD) o quanto esse presente significou para mim. Graças a vocês e a todos os queridos leitores de O Enigma da Lua, eu acho que tenho gás e motivação para continuar botando minhas histórias no papel até o último dia da minha vida XD.

E sabe o que é mais especial? Em certo momento, eu cogitei tirar essa cena do livro. Eu andava insegura sobre a minha escrita, achando que tudo o que eu fazia era piegas demais. Mas no final não consegui, e daí agora vem a Gisele e me fala que essa foi a música que mais a emocionou na leitura. Gente, por isso mesmo o significado do presente de vocês foi ainda mais importante. 

(E não é só a música que é linda, né, gente? O que foi esse vídeo? A fala da Valenia no começo, as imagens, as palavras!! GAAAAAAAAH VOU MORRER DE EMOÇÃO!). 

Caham. Bem, pessoal, por hoje eu deixo vocês por aqui com esse presente que me faz acreditar em um mundo melhor. Eu só posso dizer OBRIGADA!!!